• OSEB

Projeto Tenista Cidadão recebe palestra do atleta paralímpico Renato Leite



Em virtude do Dia Nacional do Atleta Paralímpico, que será comemorado no próximo dia 22 de setembro, a OSEB recebeu nesta quarta-feira (18), no CEU Campo Limpo, o líbero da seleção brasileira de vôlei sentado, Renato Leite, em uma ação promovida em parceria com o Instituto Patrícia Medrado. Tetracampeão parapan-americano, medalhista de prata no mundial da modalidade e eleito o melhor jogador do planeta em sua posição, ele contou toda a sua trajetória de vida e como o esporte foi capaz de transformar seus sonhos em realidade.


Quando garoto, Renato queria ser jogador de futebol, sonho que foi interrompido quando sofreu um acidente de motocicleta e precisou amputar parte de sua perna direita. Sem jamais perder as forças e a esperança viu no vôlei sentado a chance de manter a chama acesa e de triunfar no esporte paralímpico. Motivado, passou por cima de todo os obstáculos, treinou duro e se tornou referência na modalidade.


Hoje multicampeão, o atleta deu uma verdadeira aula de vida, superação, gratidão e força de vontade para dezenas de jovens do projeto Tenista Cidadão que sonham, como ele, em obter sucesso na carreira esportiva. Mais do que falar de resultados em quadra, também ressaltou a importância dos estudos e falou sobre o mercado de trabalho e educação financeira. “Foi uma satisfação poder passar a manhã com essas crianças, compartilhar um pouquinho da minha história e deixar uma mensagem de positivismo, perseverança e disciplina. Todos aqui são privilegiados por participarem de uma instituição que desenvolve o esporte e a cidadania, nesse que é um segmento que abre muitas oportunidades e com certeza trará muitos benefícios na vida delas”, afirmou.


Depois de conversar com a garotada e responder a perguntas, Renato Leite promoveu uma vivência de vôlei sentado, mostrando na prática algumas particularidades da modalidade. “A visita do Renato foi ótima, uma história de superação e perseverança super motivadora que nos mostrou que, independente das dificuldades, podemos conquistar nossos objetivos se tivermos foco e força de vontade. A experiência de jogar vôlei sentado foi muito legal e divertida. Pareceu ser um esporte complicado, mas muito bom de praticar”, relatou a aluna Nycolle Borges, de 15 anos.

© 2018 OSEB - Todos os direitos reservados.

Criado por Cia. de Desenho

Entre em contato:
(11) 5041-4713

osesportebr@gmail.com

Encontre-nos:
Rua Barão do Triunfo, 550 - Cj. 104 - Brooklin Paulista